Há um período de vida que passa veloz!

Atividades criativas “indisciplinadas”, que decorrem diariamente à margem dos currículos oficiais!

Fala escrita, a propósito do lapso de tempo em que se inscreve a possibilidade de desenhar uma vida livre e colorida!

Há um período da vida,
curto,
que passa,
veloz,
entre um desenho livre
e uma transcrição adestrada,
Há um período da vida
fugaz,
em que a vontade de riscar,
é maior
do que qualquer proibição.
Há um período da vida,
irrepetível,
em que se aprende a saborear
a liberdade.
Quando esse período da vida
se tiver esgotado,
sem que se tenha provado,
mesmo que em dose mínima,
esse inesquecível sabor,
não haverá como evitar
o início de uma época descolorida,
que ocupará, para sempre, todo o restante tempo de vida!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *