O orçamento da família cultural de Costa

a propósito da “família cultural” de António Costa!

“Centenas de intelectuais unem-se em manifesto de apoio a António Costa – Mais do que apoiar a candidatura do actual presidente da Câmara de Lisboa ao lugar de secretário-geral do PS, este manifesto defende que António Costa deve ser o próximo primeiro-ministro.”

https://www.publico.pt/2014/07/07/politica/noticia/centenas-de-intelectuais-unemse-em-manifesto-de-apoio-a-antonio-costa-1661946

Há 5 anos atrás a “família cultural” de António Costa lançou um manifesto bastante “suis generis”!
A “elite artística” desejava ver ampliada a sua área de influência, pelo que, decidiu apoiar ostensivamente a candidatura do seu patrono, à época autarca da capital, à liderança do partido.

4 anos após governação do estimado amigo, o que sucedeu  aos subscritores desse manifesto?
o que têm a dizer sobre a “gestão cultural” de António Costa?
como avaliam o facto do orçamento destinado à cultura não ter sequer atingido os 0,3 %?

O silêncio da “família cultural” de António Costa é expressivo e  fácil de entender!

A manutenção dos privilégios individuais, garantida à maioria dos agentes culturais subscritores do manifesto, terá sido certamente suficiente para apaziguar a sua encenada “intervenção social”!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *