da humanidade que mora aqui

da humanidade que (ainda) mora aqui

É vital amparar as ansiedades
É vital desembaraçar as emoções
É vital preservar a sensibilidade
É vital resgatar o sonho
É vital compreender as circunstâncias
É vital ler e transformar o mundo
É vital renovar os Lugares de Fala
É vital enfrentar com lucidez os desafios
É vital preservar as ligações humanas para salvar o futuro

[ be brave, stay at home and remain creative ]

da humanidade que mora aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *