Category: landshape

People are not invisible [art can make them glow]

  O projeto People are not invisible [art can make them glow] surge num contexto de criação muito particular, com o qual se pretende afirmar as potencialidades da expressão artística, na atribuição de visualidade estética a episódios e personagens do quotidiano, que normalmente não são notados! É também objetivo deste projeto, devolver às pessoas e aos […]

Read More

Ilha – residência artística em trânsito

Projeto artístico que andou de lugar em lugar e se estendeu em terra plana, árida, talhada pela quentura do sol. Cruzando lugares, combinando geografias, apreciando o sol e o calor ardente que animou e fez bulir, devagarinho, os pés! Navegando entre grafias e tratados, sob sol tórrido em chão escaldante, fez-se o caminho para chegar […]

Read More

Ilha – residência artística em trânsito

Na mala de pano estrangeiro, as ferramentas e os materiais Tenho comigo os lápis, trouxe o azul esmeralda, o verde água, os ocres, os amarelos e também os vermelhos. Tenho a caneta preta fina, o pincel largo, os lápis 4,5 e 6 B, a borracha e os marcadores de feltro. Tenho comigo os papéis mais […]

Read More

Aqui Mora Gente

Inscrições Habitadas _ Livro de Projeto O vídeo apresenta uma breve síntese das múltiplas páginas que compõem o Livro de Projeto – Aqui Mora Gente Os exercícios gráficos traduzem intensos diálogos e amplas partilhas.

Read More

mundo desfocado por cima das nossas cabeças

  3 de janeiro, é domingo em Sucupira

Read More

danados projetos

a prática artística acontece, não necessita de autorização ou carta de alforria. danados projetos, como é valente a curadoria do povo, como é ilustre o patrocínio da sua entrega desprendida. inesquecível o conforto do abrigo, abraço quente e genuíno, arrojada a coragem da instituição dos que ousam dar a mão. ato supremo de liberdade! arte […]

Read More

ao vento, pendurada numa oliveira

grafias de vento em paisagem alentejana

Read More

lugar achado pelo medo

“O Território do medo, Cidade Velha (ilha de Santiago) foi um dos espaços de passagem das oficinas de mapeamento coletivo, primeira cidade construída pelos europeus nos trópicos e primeira capital do arquipélago de Cabo Verde. Um lugar repleto de vestígios de uma pesada herança, onde o medo se faz presente e paira sobre as perspetivas […]

Read More

o lugar dos avessos

Lugar comum. Gente comum. Senso além do comum. Existe conforto nos lugares de sempre, nos rostos frequentes, nos dias que se sucedem iguais, no fluir do tempo sem novidade. Pela manutenção dos dias comuns há que agarrar forte, com as duas mãos, as regularidades do quotidiano, fincar os pés em terra usada, negar sempre o prazer […]

Read More

qualquer lugar se faz mercado

Roupa crescida, roupa miúda, roupa para o luto, roupa de festa, roupa ousada, roupa tímida, roupa privada, ali no regaço das árvores, ali ao virar da esquina, na rua cruzada, na soleira da entrada, ali no largo renovado. Qualquer lugar se faz praça, lá se estende a montra e se acumulam as peças que hão-de […]

Read More

linhas soltas, do avesso

as ruas estão vestidas de paredes do avesso, consumidas de sol, riscadas de vento. as portas entreabertas baralham os sentidos, dentro está apenas o que não cabe cá fora. corredores fundos atravessam a morada, de um lado os quartos, do outro as salas. planta simples, lugar comum, onde corre a brisa dos afectos. telhados rasos, […]

Read More