O INTOLERÁVEL IDADISMO, SUSCITADO PELO ACORDO CELEBRADO À BOCA DAS URNAS

Haverá salvação para o Serviço Público de Educação, quando os seus timoneiros declinam ser farol cívico e se resignam ser carne para os canhões partidários!

Read More

Polémicas compósitas

Esta reflexão incorformada decorre da necessidade de colocar em perspetiva alguns enredos, a propósito do lançamento de uma polémica obra compósita, da autoria de Manuel Brito-Semedo. Pode o Tempo ter muitas Esquinas mas, por mais obtusos que sejam os ângulos, jamais se poderá adulterar a (geo)grafia do que tem dentro! Esta observação (geo)métrica decorre da […]

Read More

INFAMES COMbARTS

Ora, efetivamente a reboque da DEMISSÃO, reivindicada pelos cartazes cancelados, iniciou-se um avassalador ciclo de cenas exóticas que, em tudo, confirmam a razão dos protestos dos professores! Porém, ainda que a degradação da vida pública convoque cada um de nós para o empenhado exercício da intervenção cívica, a academia COMbART não se compraz e, alheada, soma fundos pecuniários e créditos, à custa das revoluções artísticas criadas por outros!

Read More

PROVA DE APTIDÃO POLÍTICA

Fora do evento, certamente por razões diversas, ficaram dois temas de peso: a Abstenção e o partido Chega. Sob pena de continuarmos a assistir ao crescimento, desses fenómenos, sem contraditório, impõe-se refletir se apostar num inconsequente estado de negação, será a forma mais eficaz de dirimir os problemas e as debilidades que afectam o Regime Democrático! Ora, se nem as avestruzes, perante situações estranhas, enfiam a cabeça na areia, não o façam os professores – a quem cumpre o exercício de ser Luz em tempo de Trevas! 

Read More

ESTADO DE DECADÊNCIA

Almas gémeas!  O impacto, provocado pela horrenda novela de versões e alocuções, a que a revelação do “caso das gémeas” deu azo, terá toldado a compreensão da gravidade dos factos que a todos envolve! Porém, em nome do tanto e de tantos que, sob a batuta de uma equipa ministerial, pereceram no decurso da travessia […]

Read More

NOTA DE REPÚDIO PELA DESIGNAÇÃO DE ARIANA COSME

Assim, pelo exposto e pelo tanto que se prefigura, repudiamos veementemente a designação de Ariana Cosme para o cargo de Inspetora-Geral da Educação e Ciência, garantindo que, apesar de sentirmos cada vez mais policiado e limitado o exercício das nossas funções, tudo faremos para defender a Razão e salvar o sistema educativo dos abusos de poder a que está submetido.

Read More

A ICONOGRAFIA DA DEMISSÃO DE ANTÓNIO COSTA

Ante a promulgação do caos e a abertura oficial da caça ao voto, não será necessário ter especiais dotes de adivinhação para antecipar que a ignomínia irá continuar a florescer, com a celeridade típica das espécies daninhas. Pelo que, agora mais do que nunca, será imperativo intensificar a insurgência da contestação social, que a todos apanhou desprevenidos, para impedir que a miserável governance política continue a degradar as instituições e a corromper a República!

Read More

INTOLERÂNCIA À SUBLEVAÇÃO ALHEIA

Apesar das inúmeras evidências ilustradas, há quem não se permita reconhecer o papel determinante que a emancipada Luta dos Professores teve no desgaste da governação socialista e, consequentemente, na Demissão de António Costa. Esse bloqueio, para além de denunciar inabilidade na leitura das circunstâncias, revela uma profunda intolerância à sublevação alheia! Lamentavelmente, esta tendência para […]

Read More

ABSOLUTA DECADÊNCIA

Não há recanto da administração pública que tenha escapado à miserável ação desses mercenários. Prepotentes, arrogantes, vulgares, inoperantes, gozando de plenos poderes e de total impunidade, essas chefias colaboracionistas, escolhidas a dedo pelo clã socialista para exercem o poder de forma abusiva e discricionária, desferiram o derradeiro ataque aos órgãos vitais da democracia! 

Read More

A REPÚBLICA NÃO É UMA FESTA PRIVADA!

Basta de mentiras! Basta de exploração! Basta de resignação! Basta de sofrimento envergonhado! Basta de reservar para o Povo o pão que o diabo amassou!
A República não pode continuar a ser uma Festa Privada custeada com recursos públicos!

Read More

A Reitora deixa cair o Ministro

A cena triste, apanhada de surpresa pela lente de dois atentos observadores, foi bastante reveladora. Maria de Lurdes e João Costa, por razões estratégicas, podem até evitar partilhar o mesmo palco mas nada os demoverá de, juntos, continuarem a arrastar a Educação Pública para o abismo!

Read More

[RE]SOLUÇÃO TAPA-BURACOS

Após os acertos gramaticais, o Sr. Presidente promulgou mais uma [re]solução [im]perfeita para acabar de vez com os problemas da carreira, decretando oficialmente a extinção dos professores com a abertura da Escola à contratação de (A)gentes Tapa-Buracos!

Read More

PROFESSORES HÁ MUITOS, SEU PALERMA!

O logro da “falta de professores”, uma das mais bem sucedidas cantigas do Tutela, é apenas parte do lixo em que está atolado o Serviço Público de Educação! Continuar a ampliar esse argumento é colaborar na missão do João, que tenta justificar com a ausência de cidadãos disponíveis para trabalhar nas Escolas, as péssimas condições que “oferece” a quem nelas já trabalha!

Read More

TERÁ A (FALTA DE) CLASSE REMÉDIO?

Se a energia despendida a justificar a demissão e a indisponibilidade diária, para assumir com Classe a relevância social do papel que cabe a cada um, fosse aplicada a resolver de facto os problemas, certamente há muito seriamos modelo referenciado na Finlândia! Mas, como continuamos enredados numa crónica e transversal falta de Classe, resta-nos apreciar os privilégios oferecidos aos turistas do Norte da Europa, que vêm dar aos Costas os argumentos necessários para se habilitarem aos cargos que a nomenclatura capitalista, das instituições internacionais, gosta de reservar para os luso paus-mandados, vulgo, governantes nacionais!

Read More

AS AGULHAS DO PATRANHEIRO

A ausência de habitação, para alojar professores em deslocação, só será solucionado se e quando se converter num negócio interessante para um Boy ou Girl próximo da família partidária. Até lá continuaremos a padecer as consequências de uma governação fã(nática) dos Golden Visas, parceira das especulações imobiliárias miseráveis e mediadora de fundos abutres de investimento imobiliário.

Read More

RENTRÉE ESCOLAR PREVÊ-SE FROUXA E EMBARAÇADA!

A vida escolar, encurralada entre a inércia e a gula, necessita de Amor e lápis bem afiados para se defender de abusos e atentados! As camas de cordel são para os gatos e, apesar da Escola estar às escuras, nem todos seremos parvos!

Read More

DO (RE)TORNO

No dia do (re)torno, sob um ambiente forjado a ferro e fogo tudo (re)começará tal qual terminou, a Escola sucumbe e o Caos ocupa o seu lugar, enquanto a maioria celebra com beijos e abraços o retorno ao Inferno!
Aos valentes, que Amam a Escola, desejo que continuem a resistir à pressão do (re)torno!

Read More

9125 dias de Provação

De novo a concurso, rodei a tômbola, lancei os dados sobre a planura, montei a tenda no parque de campismo e aguardei que a estabilidade profissional e os privilégios da carreira docente recém-iniciada se fizessem sentir! Uma vez mais, para além da poeira típica de um solo que já há muito tempo não sente a água da chuva, nada mais me foi dado a observar!

Read More

Que Escola é essa?

Que escola pública é essa? (d’après “Que força é essa”, Sérgio Godinho)   Vi-te a obedecer o dia inteiro Construir projetos pr’os outros Carregar matérias inúteis, desperdiçar Muita sujeição p’ra pouco dinheiro Vi-te a obedecer o dia inteiro Muita humilhação p’ra pouco dinheiro   Que escola é essa? que escola é essa? Que te faz […]

Read More

Humilhação coletiva

O miserável ministro e o ex-sindicalista secretário de estado, absolutamente empossados, ditaram a agenda inflexível das sucessivas reuniões. Multiplicaram-se os power points e os ignóbeis textos digitados, cortados à fatia, uns e outros, foram servidos à mesa (única), acompanhados de um arsenal de baldes de água fria!

Read More

CNAD, pó de ser o epicentro da contra-revolução

Contudo, o espírito desse tempo revolucionário foi-se dissipando e, à medida que as ousadias culturais perdiam o fôlego, diminuía a capacidade de resistência do CNA. A instituição terá resistido, enquanto pôde, à mediocridade e à prepotência dos “poderes”. Mas… acabaria por sucumbir, ao ver a sua essência enredada nas tramas neoliberais, das famigeradas indústrias criativas.

Read More

Viver na Praia ou morrer no Mar!

Três décadas após a celebração do acordo, confirmam-se os piores receios e as mais temidas suspeitas, Cabo Verde  sucumbiu à hegemonia da União Europeia. O pequeno país insular, não tem quem o defenda. A elite, que governa a nação, baixou os braços e aprendeu a sussurrar, em língua estrangeira, o preço da independência – 750 mil euros (por ano) e uns trocados pelas toneladas de peixe capturado! 

Read More

As patologias do património cabo-verdiano

Mas, se à generalidade dos cabo-verdianos parecem faltar qualificações para obras de restauro, à equipa do CNAD parece não terem faltado dotes de adivinhação de contactos empresariais ocultos. Efectivamente, só no plano da ironia se compreende que seja mais fácil comunicar com a empresa portuguesa OpusCalsis em Cabo-Verde, do que em Portugal, país onde está sediada a sua morada fiscal.

Read More

CENTENÁRIO PAULO FREIRE: ANDARILHO DE UTOPIAS COM ÁFRICA

Paulo Freire e a Pedagogia da Autonomia : Múltiplos olhares em Cabo Verde IntroAo escutar o Professor Gadotti fui percebendo, de forma mais clara, o que tem dado alento à teimosia que me faz rumar a Sul. O Sul das dificuldades expostas, dos privilégios circunscritos, das resistências informais, das assimetrias sociais indisfarçáveis, das agruras,  das venturas, […]

Read More

Processo Contra-Evolucionário em Curso [PCEEC]

Se, para a maioria da população portuguesa, o actual estado da Educação, é sinónimo de desgraça, para as minorias elitizadas, essa inoperância induzida constitui, infelizmente, uma graça poderosa! Pelo que, certamente, não será obra do acaso ou simples má-fortuna o miserável estado, em que se encontra o sector público de ensino!  Bem pelo contrário, de […]

Read More

Egos e nós de azelha

O miserável estado de inoperância, em que se encontra o serviço público de ensino, é a expressão mais perversa da abusiva operação em curso!
A educação deliberadamente obstruída, tem vindo a ser substituída por um deplorável sistema de instrução, engendrado nas catacumbas elitizadas, para ser mastigado, pelo povo, até à exaustão!

Read More

Governanças Abusivas

O abusivo desempenho das elites privilegiadas, que retiram da política e da administração pública o sustento das suas famílias, em nada tem dignificado os desígnios da representatividade democrática. Bem pelo contrário, pois, através da instrumentalização de uma série de expedientes manhosos, essas elites decadentes encontram no descarado tráfico de influências e no nepotismo primário, formas […]

Read More

Democracia entre Burros e Ferraris

Face a este lamentável Estado, resta saber se a academia subserviente de Lurdes Rodrigues e a inimputabilidade autoritária de Santos Silva serão suficientes para ocultar as provas da selvajaria?

Read More

Minorias Absolutas

48 anos depois de, num abril esperança, nos ter sido confiada a responsabilidade de fazermos crescer uma democracia robusta, sobre um solo impregnado de despojos de ditadura, eis-nos chegados ao XXIII Governo Constitucional, eleito por uma confrangedora minoria – 2.302.601, cerca de 21 % do total de Votantes Inscritos.

Read More

Abandono Cívico

Segundo dados da Comissão Nacional de Eleições (CNE), referentes às últimas eleições legislativas, de um total de 10 813 246 eleitores inscritos, 5 248 757 eleitores não votaram, 63 103 eleitores votaram em branco, 83 721 eleitores viram os seus votos anulados, pelo que, o número de eleitores, cujos votos não contribuíram directamente para a […]

Read More

Mar és

Mar_és
folha de cálculo
para penas azuis
Mar_és um Mus_eu
de operações abusivas
e de subtrações insustentáveis

Mar_és um Mus_eu suspenso!

Read More

NEUROPATIAS

O Dia da Europa poderia ser, para os cidadãos do mundo, uma celebração partilhada mas, como a União estima o seu egocentrismo e as neuropatias, a festa continua a ser privilégio de poucos!

O indecoroso rumo da (des)união europeia, que tem vindo a ser imposto por uma inimputável nomenclatura de influência, tem espalhado espoliação, um pouco por todo o lado!
Aos cidadãos que resistem, sem se deixarem engolir por subsídio-hipocrisias, supostos apoios à cultura, acordos de oportunidade, parecerias especiais e diabo-a-quatro, cumpre a obrigação de, utilizar o seu lugar de fala, independente e não financiado pela UE, para expor os malefícios produzidos pelo Hiper-Mercado europeu!

Read More

25 de Abril por conta doutrem

Como cidadã, nascida no ano da revolução, observo com pesar a indecência e a falta de honestidade intelectual das elites parasitas que se arrastam, como prestadores de serviço com direito a motorista, em torno das celebrações oficiais dos 50 anos do 25 de Abril! As nomeações, as atribulações, as datas, as condecorações, as indecorosas apropriações, […]

Read More

do exílio perene como morada da resistência

“Os povos originários ainda estão presentes neste mundo, não porque foram excluídos, mas porque escaparam. É interessante recordar como, em várias regiões do planeta, resistiram com todas as suas forças e coragem para não serem completamente engolidos por este mundo utilitário. (…) Escapar dessa captura e experimentar uma existência que não se rendeu ao sentido […]

Read More

elefantes de pau

Extraio, do miolo dos livros, a substância-prima para alimentar o propósito da fuga e salvar a razão. Leio, Passadores de Pau, livro de António Fermino de Pina (2009)que dedicou a obra: “À memória de Amílcar Cabral, o maior doutrinador e líder africano do nosso tempo, que a ambição e estupidez de alguns companheiros conluiados com […]

Read More

Artista Dragoeiro

O dragoeiro: Tal como Homem, de uma semente são necessárias várias gerações para ser árvore. Espécie rara. Fóssil vivo, teimosamente resistente desde a noite dos tempos. De um tronco esguio, crespo e agreste rebentam no topo braços e folhas-lanças espetadas para o céu. O dragoeiro e o Homem cabo-verdiano, uma teimosia, dois caprichos da Natureza. […]

Read More

caderno de observações

Este caderno não tem unidade.Seu equilíbrio está na desunião natural dos seus quadros. d’après Luis Romano Caderno de observações tem dupla existência,ora sobre tela digital, ora sobre papel de almaço,sucede o registo exploratório e a interpelação das circunstâncias, que (de)formam o espaço coletivo.Nas páginas, deste longo caderno, inscrevem-se diálogos vários e conversas discretas, inspiradas na […]

Read More

Taru-Andé

Temos de parar de nos desenvolver e começar a envolver-nos. Ailton Krenak, A Vida não é útil, Ideias para salvar a Humanidade Articular a palavra preocupada com o traçado arriscado é lema de vida, que flui, entre trechos de músicas, nacos de livros e lugares de escuta. Fundado nas emergências silenciadas, dotado de vida e movimento, […]

Read More

Livro Escuro

Livro Escuro (1)São de noite e fogo as páginas deste Livro (do) Escuro.As narrativas abertas em cada recorte celebram a escuridão.A intensidade do negrume, que desorientou os gestos e instigou a extração plástica, fez surgir um inusitado enredo gráfico. Dark Book The pages of this Book (of the) Dark are by night and fire. The […]

Read More

lavra incandescente

proposta: calcorrear solo criativo desafio: apreciar a lavra incandescente Lavra Incandescente é parte de um imenso processo criativo, que decorre entre leituras, ritmos, geo.grafias, rostos e tempo… tempo para questionar, tempo para dedicar à observação e compreensão da sensibilidade que ferve a Terra. geo.grafia leituras Chão do povo chão de pedra!O sol ferve-te o sol […]

Read More

do mistério da rotcha scribida ao mister da criação iconográfica

o mistério da escrita incrustada na rocha, segue existindo, em permanente mutação. reza a lenda, ora criada, que terá dado origem ao mister de criação iconográfica!

Read More

nha bindi, da terra ao pano

O Binde é uma peça cerâmica ancestral, utensílio nuclear nas cozinhas de Cabo-Verde, utilizada para confecionar uma iguaria tradicional – o célebre cuscuz de milho. A sua produção, cuja génese remonta a um passado longínquo, está identificada como uma das práticas artísticas mais antigas, registada em solo cabo-verdiano. Os bindes, atualmente produzidos nas olarias do […]

Read More

Sahel

Rua do mar Os homens são restos flutuandoNa rua suja de derrotas… Seus braços destroçadosSão mastros sem bandeirasBailando na calema das horas;Seus gritos de náufragosSão gritos de vagasMorrendo no entre-mar-e-céu! Rua suja de esperançasNo lodo dos seus silênciosOs homens se afundam como âncoras… Onésimo SilveiraPoemas do Tempo das TrevasSaga Hora Grande d’après Rua do Mar […]

Read More

Tudo isto existe, tudo isto é triste, nada disto é fado

“O neoliberalismo não é possível sem uma colonização psíquica, que responde pela obediência inconsciente.”Nora Merlin “O último passo da colonização é o que chamo de Mente nullius: a colonização das nossas mentes”.Vandana Shiva Em cada esquina, um lacaio. Em cada rosto, obediência! A instabilidade, provocada pelo advento da pandemia, tem agravado a indigência da discurseira […]

Read More

terra-longe

A cultura mergulha as raízes no húmus da realidade material do meio onde se desenvolve Amílcar Cabral [ paisagens elaboradas ]Antónia Marques

Read More